Conheça os principais riscos de segurança no trabalho rural

Os principais riscos no meio rural são: riscos físicos, químicos, mecânicos, biológicos e organizacionais.

O trabalho em ambiente rural abrange setores da agricultura, pecuária e serviços de reflorestamento ou corte de árvores. Trata-se de uma área muito importante para a economia do País, mas que traz alguns riscos para os profissionais que se dedicam ao setor. No caso dos agricultores, por exemplo, a presença de agrotóxicos pode ser muito prejudicial para a saúde do trabalhador. Conheça, a seguir os principais riscos de segurança no trabalho rural:

Riscos associados à atividade rural

Um acidente de trabalho pode causar lesão corporal ou perturbação funcional, seja permanente ou temporária. Este tipo de acontecimento pode causar a morte de um trabalhador ou perda e redução de sua capacidade para o desempenho da função. Veja os principais riscos existentes no meio rural:

Riscos químicos

Os defensores agrícolas utilizados para a proteção das plantas são extremamente nocivos aos trabalhadores que, se não estiverem bem protegidos, podem ter danos aos olhos, nariz, boca e na pele. Os agrotóxicos podem causar danos irreparáveis e até a morte, assim como os fertilizantes.

Riscos físicos

A exposição excessiva ao sol pode fazer com que o trabalhador apresente cãibras, síncopes e câncer de pele. Por isso, é preciso que os funcionários se mantenham hidratado durante a realização de trabalhos que exijam exposição a raios solares.

Riscos mecânicos

Os acidentes mecânicos são normalmente causados por máquinas, implementos agrícolas e ferramentas, mas também podem estar associados ao uso de animais.

Riscos biológicos

Esses acidentes normalmente são causados pela exposição a animais peçonhentos, agentes infecciosos, partículas de grãos armazenados, pólen e detritos de origem animal.

Riscos organizacionais

Eles acontecem devido ao ritmo intenso e à má organização do trabalho. O trabalhador passa a ter dores nos músculos e até disfunções sérias. É comum que problemas dessa natureza causem doenças osteomusculares e lesões por esforço repetitivo.

Principais EPIs para o trabalho rural

A utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) é obrigatória nas áreas rurais, de acordo com o Ministério do Trabalho. Em geral, são indicados os seguintes EPIs para o trabalhador rural:

  • Máscara protetora ou respiradores;
  • Luvas para a proteção (normalmente feita em material resistente e impermeável);
  • Capacete (principalmente para trabalhadores de corte de árvores);
  • Calçado de segurança, como botas de cano longo (impermeável se o trabalho for com agrotóxicos);
  • Óculos de proteção transparente ou viseira facial;
  • Protetor auricular para quem trabalha com ruído alto, como o emitido por tratores;
  • Touca de tecido de algodão tratado com teflon;
  • Jaleco ou avental de segurança, que tenha mangas longas e proteja o tronco e as pernas;
  • Perneira, para quem trabalha no corte de árvores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *