Valor Bruto da Produção Agropecuária é R$ 552 bilhões

Este ano, o VBP (Valor Bruto da Produção Agropecuária) foi estimado em R$ 552 bilhões, valor 2,3% inferior aos 565 bilhões de 2017, segundo dados do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). O setor agrícola teve a maior participação, com R$ 377 bilhões (68,3%), o segundo maior índice desde 1989, embora seja 0,5% menor do que o registrado no ano passado. Já a pecuária somou R$ 174,9 bilhões (31,7%), valor 6,0% abaixo do registrado em 2017 e o menor dos últimos seis anos.

Os produtos agrícolas que mais avançaram no VBP na comparação com o ano passado foram algodão (32,3%), cacau (27,6%), café (9,1%) e soja (8,9%), O algodão foi destaque tanto pelo aumento de produção e quanto pelos preços pagos aos produtores. No caso do café, foi determinante o aumento de 24,2% (café arábica) da safra deste ano.

No sentido contrário, com as quedas mais significativas, vêm arroz (21,1%), feijão (26,3%), laranja (20,8%) e uva (31,3%). Para José Garcia Gasques, coordenador geral de Estudos e Análises do Mapa, a redução de preços foi a principal causa do menor faturamento deste ano para os segmentos de arroz, feijão e laranja. Banana, cana de açúcar, mandioca e milho também apresentaram decréscimo, embora em menores percentuais. Todas as atividades pecuárias apresentam valor menor que em 2017. As quedas maiores foram dos segmentos de suínos (13,0%) e aves (11,3%).

Nos resultados por região, o Centro-Oeste teve o maior VBP (R$ 158,82 bi), seguido por Sudeste (R$ 138,12 bi), Sul (R$ 133,68 bi), Nordeste (R$ 51,49 bi) e Norte (R$ 33,24 bi).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *