Secretaria Municipal de Saúde de Barreiras:Nota de Esclarecimento

A Secretaria Municipal de Saúde de Barreiras, vem a público manifestar solidariedade aos pais, amigos e familiares da criança Pedro Vasco de seis anos, falecido no dia 28 de setembro de 2017, em tempo esclarece que:

Pedro Vasco deu entrada na noite do dia 24 de setembro, no Centro Municipal de Saúde da Criança Emilly Raquel com sintomas de febre, dores de cabeça e dores de ouvido. Na naquela data recebeu medicação injetável para aliviar a dor, esperou-se o tempo necessário para avaliação médica e em seguida a criança foi liberada sem dor e sem apresentar qualquer outra reação.

No dia 25 de setembro, o paciente voltou a ser atendido na unidade municipal de saúde, desta vez com dores na perna direita, foi atendido pelo médico plantonista, que após avaliação o liberou com receita médica, nesta data o paciente não foi medicado na unidade de saúde.

No dia 28 de setembro, Pedro não passou por atendimento no Centro Municipal de Saúde da Criança Emilly Raquel. O paciente não passou mal na unidade municipal de saúde e nem tão pouco foi encaminhado em estado grave desta para o Hospital do Oeste.

Salientamos que todas as informações aqui relatadas se encontram devidamente atestadas mediante prontuário médico pra fins de direito nos arquivos do Centro Municipal de Saúde da Criança Emilly Raquel. Salientamos ainda que em conformidade com a política da Secretaria Municipal de Saúde o Emilly Raquel presta atendimento humanizado a uma média de 2.400 pacientes mês, não havendo qualquer registro de ocorrência que macule a imagem do ótimo serviço prestado nesta unidade.

 

Por fim, nos solidarizamos com a família neste momento de dor e saudade, rogando-lhes amparo e conforto espiritual.

Diretoria de Comunicação – DIRCOM
Prefeitura de Barreiras

2 thoughts on “Secretaria Municipal de Saúde de Barreiras:Nota de Esclarecimento

  • setembro 29, 2017 at 8:24 pm
    Permalink

    Na minha opinião faltou um diagnóstico preciso e investigação dos sintomas do médico plantonista no dia 25/10. A falta de investigação e do diagnóstico levou a piora no quadro.

    Reply
  • setembro 29, 2017 at 10:37 pm
    Permalink

    Que a família procure a justiça para melhor explicar isso direito…. E que o médico possa ser punido com essa falta de humanidade…

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.