Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade conclui Oficina de Reciclagem Inteligente e Pegada de Carbono em Barreiras

Comemorado mundialmente no dia 17 de maio, o Dia da Reciclagem foi lembrado em Barreiras com sustentabilidade, geração de renda, economia verde e inclusão social. A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, em parceria com a Secretaria de Assistência Social e Trabalho, por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), realizou entre os dias 12 e 17 de maio, no Centro de Educação Ambiental Durval Nunes, oficinas de Reciclagem Inteligente e Pegada de Carbono.

A coordenadora do Projeto, Maria da Penha de Faria, ministrou uma palestra e conduziu a oficina. “Abordamos a importância da preservação do meio ambiente e da utilização de materiais que seriam considerados lixo, transformando-os em objetos, acessórios e enfeites, como bolsas, porta-controle, porta-jóias e porta-guardanapos, evitando a emissão de toneladas de carbono para a atmosfera”, pontuou.

No total 18 participantes dos CRAS, sendo 02 de cada núcleo e seus coordenadores, tiveram aulas de técnicas de reaproveitamento de materiais, dando a eles nova vida e novo uso. Renilde, que faz parte da Associação Barreirense de Artesanato (Asbart), agradeceu por mais esse momento de aprendizado. “Aprendi a manusear a fibra do coco para fazer bolsas, chapéus, mandalas, jogos americanos dentre outras peças. Agradeço a Prefeitura, que através da Secretaria realiza essas oficinas em que podemos aprender e aprimorar as nossas técnicas. Com o valor das peças, pretendo comprar um transporte para buscar a matéria prima e fazer crescer o meu negócio”, destacou.

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade destaca que essa iniciativa traz o combo de reutilização, reciclagem, reuso, além de repensar em nossa forma de consumo. “A sustentabilidade deve ser argumento chave para repensar nossos hábitos e o futuro do meio ambiente. Para que uma ideia se torne de fato ecologicamente sustentável, deve-se levar em consideração o seu contexto social e as boas práticas de execução, para que aconteça essa mudança na sociedade”, destacou Demósthenes Júnior.

Dircom/PMB 20.05.2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.