SANTA RITA: POPULAÇÃO SE REVOLTA CONTRA RECOLHIMENTO DE VEÍCULOS. PRESIDENTE DA CÂMARA DIZ QUE QUASE FOI PRESO

A população de Santa Rita está em pé de guerra por conta do número de blitzs que vem ocorrendo na cidade, pela aplicação  de multas e, sobretudo,  pelo fato dos veículos apreendidos estarem sendo guinchados para Barreiras. O presidente da Câmara, Rafael Lacerda, entrou na briga para defender os moradores e diz que quase foi preso pela polícia. Via zap ele deu as seguintes informações ao Mural do Oeste: “A sessão de hoje na Câmara será muito movimentada devido a questão das blitzs que antes não tinha. Começaram a prender as motos sem prévio aviso ao povo. Todos estão revoltados pois estão levando as motos para um pátio em Barreiras. A cidade parou. Eu e o presidente da OAB de Santa Rita fomos a PM (de Santa Rita) conversar com o comandante e pedir esclarecimentos sobre essa operação da PM na cidade. Mas chegou lá e o tenente afirmou que não tinha nada a declarar.”

O presidente da Câmara diz que, por conta disso, quase foi preso. Na sessão de daqui a pouco as 19:30, o coronel Salomão vai  prestar os devidos esclarecimentos à população a respeito das operações. Uma multidão deve superlotar a Câmara Municipal de Santa Rita. Na semana passada o prefeito Romualdo Setúbal e o vereador Ogier Furtado também já haviam tentando conversar sobre o assunto. Ogier afirmou que estão tomando motos de pais de famílias, pessoas humildes que utilizam o veículo para ganhar o pão de cada dia. “Atrasaram o pagamento por conta da crise. São pessoas honestas e de bem mas que enfrentam dificuldades por causa da terrível situação do País” frisou.

 

mural do oeste

One thought on “SANTA RITA: POPULAÇÃO SE REVOLTA CONTRA RECOLHIMENTO DE VEÍCULOS. PRESIDENTE DA CÂMARA DIZ QUE QUASE FOI PRESO

  • novembro 21, 2017 at 9:12 am
    Permalink

    Isso é ilegal. Não pode apreender nenhum veículo por falta de pagamento de IPVA. É o mesmo que não se pode tomar uma casa residencial por falta de pagamento de IPTU.
    ACORDA SANTARRITENSES

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *