Safra do trigo de 2017 deve ser a menor em dez anos, estima Emater

Considerada a mais instável lavoura gaúcha, a colheita do trigo não será boa este ano. As condições climáticas dos quatro meses de desenvolvimento da cultura do cereal, que é a principal cultura de inverno, não foram favoráveis para o grão no Rio Grande do Sul.

Apesar do manejo adequado na lavoura, uma combinação de fatores como chuva em excesso, geada e seca prejudicou os 720 mil hectares cultivados do cereal. No estado onde já se plantou mais de 1.180 hectares, nos últimos anos a cultura vem decrescendo. Conforme as estimativas iniciais da Emater a safra 2017 vai ser a mais baixa dos últimos dez anos. O cálculo é que a quantidade de quilos por hectare fique em 2.419 e a produção em toneladas seja de 1.760.579.

Outro fator que contribuí para a queda na colheita é a desvalorização do trigo no mercado. De acordo com o técnico agropecuário da Emater, Leonardo Rustick, o preço não está sendo adequado e há também a questão da comercialização.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *