Produtores rurais vão à Justiça contra ampliação de parque da Chapada

As terras da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, também são o centro de uma disputa levada ao Supremo Tribunal Federal (STF). Apontados por ambientalistas como suspeitos de envolvimento com o incêndio considerado criminoso, que destruiu 27% do parque nacional da região na semana passada, os pequenos produtores rurais da Chapada resolveram recorrer à maior instância judicial do País. O objetivo é derrubar o decreto presidencial que ampliou, em junho, o parque. Pelo menos duas ações já chegaram ao STF, com o objetivo de conseguir uma liminar que suspenda o decreto, aumentando de 65 mil para 240 mil hectares a área total do parque nacional, que preserva o Cerrado. Por trás disso, está um sentimento de revolta dos ruralistas que, após a medida, passaram a ter propriedades em áreas irregulares. As estimativas dão conta de que pelo menos 240 produtores de pequeno e médio porte foram diretamente atingidos pela ampliação do parque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *