Prefeitura de Barreiras intensifica ações de combate à Hanseníase e Tuberculose nas Unidade de Saúde

Dando seguimento as ações realizadas através do Projeto “Roda-Hans”, Carreta de Saúde – Hanseníase, que atendeu mais de 300 pessoas na Praça Castro Alves, a Prefeitura de Barreiras através da Secretaria Municipal de Saúde, está intensificando as atividades de combate à Hanseníase e Tuberculose nas unidades de saúde.

A equipe da Vigilância Epidemiológica (VIEP) esteve nessa quarta-feira (20) na Unidade de Saúde Antônia Zélia, na Vila Amorim, ministrando palestras sobre as temáticas com o intuito de alertar a população sobre o alto índice da Hanseníase no município. Segundo a coordenadora, Doracir Madalena, nos atendimentos realizados na Carreta de Saúde, mais 20 pessoas foram identificadas com a doença. Em 2018, foram diagnosticados mais de 100 casos.

“Nosso objetivo é esclarecer à comunidade os malefícios dessas duas doenças que tem aumentado o índice no município. Na próxima semana, iremos intensificar as ações contra a tuberculose, outra doença que também tem elevado o índice de pessoas infeccionadas. Na oportunidade, estaremos entregando uma ficha de avaliação que ajudará a identificar em casa ou com a vizinhança tipos de manchas na pele e coletores para fazer o exame necessário para identificar a tuberculose”, destacou Doracir.

No próximo domingo (24) é comemorado o Dia Mundial de Combate à Tuberculose. Em 2018, foram mais de 50 pessoas diagnosticadas com a doença. Já nesse três primeiros meses de 2019, mais dez pessoas também estão com a doença infectocontagiosa, que afeta principalmente os pulmões, mas também pode acometer órgãos como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro).

Em Barreiras, todas as unidades de saúde realizam o acompanhamento e o tratamento das duas doenças, tendo a Unidade Leonídia Ayres como referência. Tanto a tuberculose como a hanseníase têm cura e devem ser confirmadas por meio de exames, mas é preciso realizar o tratamento até o final e sem interrupção. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *