OAB ajuíza ação contra TRT-BA para garantir audiências em Luís Eduardo Magalhães

A subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Luís Eduardo Magalhães ajuizou uma ação contra o Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA) para garantir a realização de audiências trabalhistas na cidade. A ação, visa, sobretudo, o cumprimento do convênio firmado entre o TRT e a OAB, que prevê a realização de audiências no Posto Avanço da Justiça do Trabalho, inaugurado em novembro de 2014. Em declaração ao Jornal Expresso, o presidente da Ordem, Gilvan Antunes de Almeida, afirmou que na gestão do desembargador Valtércio de Oliveira, as audiências eram realizadas com frequência, mas que, com a mudança de presidente, as audiências deixaram de acontecer, levando a OAB a questionar a suspensão junto à presidente do TRT, desembargadora Adna Aguiar, e ao corregedor Esequias de Oliveira. “Após mais de um ano de promessas do TRT, a questão ainda não foi solucionada. A realização das audiências no Posto Avançado da Justiça do Trabalho em Luís Eduardo é de significativa importância, não só para advogados da cidade, mas para toda a população, que tem que se locomover diariamente em um percurso de ida e volta de 200 km, prejudicando os mais necessitados, que não dispõem de recursos para arcar com estas despesa”, concluiu Gilvan Antunes.

bahia noticia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *