Médicos e enfermeiros da Atenção Básica participam de oficina sobre abordagem sindrômica e fluxos nos atendimentos à saúde da mulher

Os 46 médicos e o mesmo número de enfermeiros que atuam nos atendimentos da Atenção Básica de Barreiras direcionados às mulheres, participam desde a quinta-feira (18) até a sexta-feira (19), no auditório da UFOB, da Oficina Sindrômica e Fluxo de Atendimento para a Saúde da Mulher. O evento é uma realização da Secretaria Municipal de Saúde por meio do Centro de Atendimento à Mulher (CAM) e Atenção Básica.

O tema foi escolhido, de acordo com a organização do evento, por ser uma demanda recorrente apresentada pelos profissionais, principalmente entre os que estão iniciando os trabalhos na rede, uma vez que não estão familiarizados com os fluxos de atendimentos. “Esta capacitação vai melhorar e qualificar a assistência prestada às mulheres porque irá otimizar os encaminhamentos até os serviços de referência necessitados”, destaca o coordenador da Atenção Básica, Ari Donizeti Alves Júnior.

Durante a capacitação os profissionais acompanharam mais detalhes sobre a abordagem sindrômica, uma metodologia utilizada para identificação ou confirmação, durante o atendimento, de sinais e sintomas ligados às doenças sexualmente transmissíveis. Além disso, puderam aprimorar os conhecimentos acerca do fluxo de atendimento para inserção do DIU Mirena e Kyleena; do atendimento pré-natal de alto risco e ginecologia do Centro de Atendimento à Mulher (CAM).

Dentre os palestrantes, a coordenadora do CAM, Lidiana Borges; as médicas ginecologistas Asta Adeli, Jeanne Barbosa, a biomédica responsável pelo Laboratório de Citodiagnóstico, Débora Corado; e as enfermeiras Alzira Prado e Mariele Nogueira.

Dircom/PMB – 19.11.2021 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.