Jusmari afirma que denúncia do MP-BA foi ‘para criar um fato político’

A secretária de Desenvolvimento Urbano da Bahia, Jusmari Oliveira, afirmou nesta sexta-feira (10) que o Ministério Público da Bahia (MP-BA) “requentou uma denúncia antiga para criar um fato político”. O MP-BA move uma ação requerendo a suspensão dos direitos políticos dela  e alegando que uma obra feita na cidade de Barreiras, da qual Jusmari é ex-prefeita, foi feita por uma empresa que tinha menos de cinco anos e pouco dinheiro em caixa. A prefeita se defendeu dizendo que não havia como ela saber quanto dinheiro a empresa teria. “Eu acho que nenhum administrador tem acesso ao caixa das empresas. Qualquer empresa a partir do momento que é constituída está livre para trabalhar e buscar sua oportunidade de trabalho, se essa foi procurar na prefeitura pode ter certeza que o processo licitatório foi publicado amplamente para que todas as empresas participassem”, disse. A secretaria disse ainda que confia na Justiça e que já apresentou a sua verdade e provou que as alegações não são verdadeiras. “Não há desvio de verba, não há prejuízo a honorário publico, o que eu fiz por Barreiras foi muita luta, muito trabalho pra mudar a história e isso vai ser provado definitivamente com o andar do processo”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *