Fazenda Escola Modelo no município de Barra contará com apoio da Univasf

Durante a apresentação do potencial do Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco nesta sexta-feira (4), em Petrolina (PE), um protocolo de intenções que visa a cooperação técnica entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE) e a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), foi assinado com o objetivo de viabilizar a execução de ações conjuntas no projeto da Fazenda Escola Modelo, no município de Barra. 

De acordo com o vice-governador e secretário titular da SDE, João Leão a pareceria irá possibilitar a formação e capacitação profissional para atender  tanto ao Polo Agroindustrial, quanto a Fazenda Escola que está sendo montada no CEEP Águas, Escola Lamartine Roriz. “Os projetos que realizamos na região incluem empreendimentos agropecuários, agroindustriais, de energias renováveis e poder contar com a expertise da universidade será de extrema importância”, disse. 

Para o reitor pro tempore da Univasf, Paulo César Fagundes Neves,  a parceria é de grande valia para  o processo de desenvolvimento regional do estado.  “Esse projeto possibilitará que os estudantes da Univasf vivenciem, por intermédio de seus cursos, experiências formativas singulares. Também será importante para implementar um projeto de inclusão social e econômica exitoso e de altíssimo poder de transformação e empoderamento social, bem como de incremento no desenvolvimento de uma região ainda carente de oportunidades, entregando oportunidades inéditas à região onde será realizado”, disse.

Polo Agroindustrial

De acordo com a SDE, o  Médio São Francisco baiano apresenta condições  ideais para o desenvolvimento de projetos agroindustriais, baseados no uso da irrigação e de tecnologias de ponta, além de  terras férteis de baixo custo e disponibilidade hídrica, com o Rio Grande e o Rio São Francisco. O projeto espera gerar 37,2 mil empregos diretos, com um aporte de investimentos privados na ordem de R$ 3,1 bilhões nos municípios de Barra, Xique-Xique e Muquém de São Francisco. Além da SDE, as secretarias de agricultura, desenvolvimento rural, e educação, atuam juntas na implementação do polo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.