Expo Pontal será realizada em Petrolina no Dia do Trabalhador (1)

A primeira edição da feira de frutas produzidas inteiramente em Petrolina (PE) será realizada durante o dia 1º de maio, no distrito de Lajedo. A Expo Pontal deve atrair visitantes de Amargosa, Jatobá, Cumprida, Poço do Canto e assentamentos. Com 80 stands, o evento busca mostrar a importância econômica do sistema irrigado para os agricultores da área de serqueiro.


A exposição é organizada pelo Conselho de Usuários da Água do Sistema Perenizado (Consupontal), em parceria com o Sindicato dos Agricultores Familiares (Sintraf), estando aberta das 9h às 14h. Segundo a coordenadora, Francisca Ribeiro, a mostra não é comercial e terá espaço para degustação de todas as frutas cultivadas no município: uva, manga, banana, goiaba, mamão, pinha, melancia, melão, acerola, dentre outras.
“Essa produção, que, inclusive, abastece o PNAE [Programa Nacional de Alimentação Escolar], PAA [Programa de Aquisição de Alimentos], mercados e feiras livres de Petrolina, é resultado de muito esforço das famílias que trabalham em áreas que, antes, eram secas e, hoje, está irrigada”, ressalta Francisca.


A água que os agricultores recebem nas regiões próximas à Lajedo tem origem no Projeto Pontal Sul, que está sendo colonizado. “Isso fez surgir uma preocupação porque corremos o risco de ficarmos sem essa água. A partir disso, estamos promovendo a Expo Pontal para demonstrar a importância que o riacho perenizado tem para essas famílias”, explica.
Dentro do evento também serão realizadas palestras sobre ‘Como fazer Irrigação sem salinizar a terra’, às 10h, com o professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Eliezer Saturbano; e sobre “Previdência e reforma previdenciária”, às 11h, com o advogado Edvaldo Gomes. Às 12h, será servido um almoço para os presentes. Programação essa que corre em paralelo à exposição e degustação de frutas nos stands.
De acordo com Francisca ainda, a expectativa é de que 400 pessoas passem pela feira. “Estamos estimando por baixo essa quantidade, uma vez que calculamos apenas os visitantes das comunidades vizinhas”, destacou. Lajedo fica a 65 km do centro de Petrolina.


Na abertura (9h), são esperados também o prefeito Miguel Coelho, vereadores, representantes da Univasf, Instituto Federal (IF-Sertão), Instituto de Terras e Reforma Agrária (Iterpe), Irpa, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário, e lideranças locais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *