Em Barreiras, equipe da Vigilância Sanitária realiza palestra educativa sobre os protocolos de segurança sanitária nas escolas

Após um ano e meio sem aulas presenciais devido à pandemia do novo Coronavírus, a rotina pós-pandemia nas escolas municipais e particulares sofreram modificações nos hábitos diários com o foco na prevenção contra a Covid-19. Nesta terça-feira (28), a equipe da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde de Barreiras, esteve na Escola São José apresentando de maneira didática a importância de continuar seguindo os protocolos de segurança sanitária nos espaços escolares.

As turmas do 5º ao 9º do ensino fundamental II e as turmas do ensino médio, aprenderam um pouco mais sobre o distanciamento físico que deve ainda permanecer nas escolas, bem como a higienização individual, como o uso constante da máscara, lavagem das mãos e o uso do álcool em gel. No momento da entrada nas escolas, deve ter a aferição da temperatura de estudantes e funcionários, além do uso restrito da sala de professores e dos laboratórios, além do revezamento de turmas em horários alternados nos horários do recreio e intervalos para evitar aglomerações, dentre outras regras com objetivo de evitar contágio da Covid-19.

De acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária, Canuto Ayres, essas ações educativas fazem parte do indicador de produção, incluindo os procedimentos educativos para a população. “Foram quase dois anos sem aulas presenciais, com esse retorno, mesmo que remoto em algumas escolas, o cuidado e a prevenção devem ser permanentes. Todos os protocolos sanitários foram publicados no Diário Oficial do município e aprovado pelo Comitê de Operações de Emergência e Saúde Pública (COE) para que esse retorno fosse seguro e mantendo todos os cuidados em torno desta doença. Os estudantes entendem a situação do momento, por isso, nesta palestra de hoje, todos seguiram os protocolos de segurança”, pontuou.

Ainda conforme o coordenador de Vigilância Sanitária do Município, na próxima semana, as palestras alcançarão estudantes da rede pública municipal na cidade e na zona rural. 

Dircom/PMB – 28.09.2021

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.