Eficiência da Gestão Pública é tema de encontro realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Barreiras

A preocupação em oferecer serviços mais eficientes nos diversos órgãos que compõem a rede de proteção social de crianças e adolescentes em Barreiras foi o foco norteador para a realização de um encontro, que garantisse a capacitação dos profissionais que atuam na linha de frente. Durante toda esta terça-feira (17), psicólogos, assistentes sociais, funcionários do Conselho Tutelar, Secretaria de Assistência Social, Guarda Municipal, Polícia Militar, Promotoria Pública, ONG’s e instituições integrantes da rede, participaram de uma capacitação com o propósito de otimizar o trabalho desenvolvido.

O evento, organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) teve a parceria do Instituto Aiba e foi pensado, durante reunião dos integrantes. “Eu parabenizo a secretária Karlúcia Macêdo pela iniciativa de buscar uma administração pública eficiente e pensar em uma capacitação dos órgãos que estão na política de atendimento da criança e do adolescente. Ela, que também é presidente do CMDCA apresentou a ideia de levarmos orientações às pessoas que diariamente trabalham na área, uma vez que a eficiência da gestão só será alcançada com pessoas realmente preparadas”, disse a membro titular do CMDCA, Makena Thomé.

“Queremos sair daqui com uma rede de apoio na proteção das crianças e adolescentes que se encontram em situações vulneráveis. Este desafio não é apenas do Conselho Tutelar ou do CMDCA, em conjunto, seremos mais fortes nesse trabalho”, disse a secretária Karlúcia Macêdo. Ela destacou ainda em sua fala, que desde 1991 o CMCDA atua em Barreiras, cumprindo as determinações da Lei nº 140 que trata das políticas públicas voltadas para os direitos das crianças e adolescentes, e que somente com a parceria com a população e órgãos competentes, as denúncias de abusos e maus tratos poderão resultar em ações concretas de apoio.

Para passar informações e promover a capacitação dos presentes, uma programação foi preparada para o dia. Pela manhã, durante a abertura, o superintendente do Instituto Aiba e membro suplente do CMDCA, Helmuth Kiechoffer falou da parceria entre o Instituto e o Conselho, no fortalecimento das instituições. O promotor da 6ª Promotoria da Infância e Juventude, André Garcia de Jesus, passou orientações sobre questões legais e de atuação da promotoria. Ainda estiveram nas rodadas de discussões o comandante da Guarda Municipal, Gilmar Rodrigues e o Primeiro Tenente da Polícia Militar Rogério Silva dos Santos.

“Essa iniciativa tem um valor extraordinário, sem essa união não conseguiríamos fazer um trabalho real de proteção às crianças. Onde um órgão precisa atuar, normalmente o outro também precisa, não podemos desassociar a proteção da infância com os órgãos que têm as condições de protegê-la”, disse o promotor André Garcia.

À tarde foi a vez da presidente do Conselho Municipal da Assistência Social, Marília Machado falar da interlocução entre a política de assistência social e direitos humanos. E encerrando os trabalhos, a gerente administrativa da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Veridiane Carvalho abordou o tema do conceito de organização, a postura profissional e outras rotinas administrativas. “O objetivo é ensinar a forma correta de compor um e-mail, um ofício, uma carta, por exemplo, porque as pessoas ainda confundem as diferenças entre essas correspondências, além, de repassar orientações sobre a organização interna nas instituições”, disse Veridiane.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *