Diretório baiano do PPS acionará Justiça contra cassação de membros

Após a desfiliação do deputado federal Arthur Maia, que rumou para o DEM, e a destituição do diretório baiano do partido pelo presidente nacional do PPS, Roberto Freire, os dirigentes da estadual afirmaram que irão acionar a Justiça para anular a intervenção da direção nacional.

Em nota, os dirigentes baianos afirmaram que a medida causou “grande surpresa e indignação”, além de uma “grave crise” no estado. Ainda segundo o informe, os membros do diretório recusarão “qualquer solução para o impasse que seja resultante de conchavos que proponham a manutenção da intervenção, ainda que supostamente decorrente de “acordos satisfatórios””.

Com a dissolução do diretório do PPS estadual, uma comissão foi nomeada para conduzir a legenda de forma temporária, com o vereador Joceval Rodrigues no comando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *