Devido à ‘grave’ estiagem, captação de água do São Francisco fica proibida às quartas-feiras

A partir desta quarta-feira (21) fica proibida a captação de água do Rio São Francisco. A exceção fica por conta do abastecimento humano e animal. Quem desobedecer a determinação estará sujeito a multa e até a apreensão de bombas de captação. A medida, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (20), restringe a captação nas quartas-feiras e foi batizada de “Dia do Rio”. A vigência da ação vale pelo menos até o dia 30 de novembro. Segundo resolução da Agência Nacional de Àguas (ANA), a providência tem como base a “grave” situação de escassez de água na bacia do São Francisco.

Devido à ‘grave’ estiagem, captação de água do São Francisco fica proibida às quartas-feiras

A ANA também diz que os rios afluentes que servem ao reservatório de Sobradinho, no vale São-Franciscano da Bahia, registraram as piores baixas no biênio 2016/2017. Desde 2013, o manancial do São Francisco sofre com poucas chuvas, com prejuízos na reposição de água. Ainda segundo a agência, chove abaixo da média na bacia do São Francisco há sete anos. Maior reservatório do sistema, com volume útil de 28 bilhões de m³, Sobradinho tem capacidade para armazenar 34 bilhões de m³ de água. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *