Comissão vai convidar autoridades para debater agricultura familiar

A Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa vai convidar autoridades do Governo do Estado ligadas à Secretaria de Desenvolvimento Rural para debater os projetos importantes da administração em benefício da agricultura familiar.
A proposta, do presidente do colegiado, deputado Eduardo Salles (PP), foi aprovada por unanimidade. Os parlamentares também aprovaram  o convite à diretora do Conselho de Desenvolvimento Agrário (CDA), Renata Rossi, para debater e informar todas ações de titulação de terras, reclamadas pelos pequenos agricultores e que no governo de Rui Costa vem sendo executado com elogios.
“Queremos trazer para debate o panorama da Bahia no setor de agricultura e em especial as ações do governo para beneficiar os pequenos produtores rurais. Em contrapartida vamos enviar para a Secretaria a situação dos pequenos produtores de alguns municípios”, destacou Salles. A deputada Neusa Cadore (PT) por sua vez criticou alguns programas  que tiveram investimentos reduzidos pelo governo federal, mas acha muito importante à vinda da dirigente do CDA, para que ela possa fazer um panorama  dos municípios e as ações do SDR.
ÁGUA
Eduardo Salles também quer marcar uma audiência pública para discutir a situação em que se encontra o programa Água para Todos, levando para Brasília também os números da citricultura que tinha uma participação muito grande de produção. Os produtores estão com muitas queixas do Governo Federal.
O deputado Fábio Souto (DEM) voltou falar sobre o Rio São Francisco afirmando que a “obra mais faraônica do país de todos os tempos é da transposição, cujos canais no futuro devem ficar sem função. Não  podemos tirar sangue de um paciente bastante doente. Fazer transposição sem recuperar o rio é inviável. A intenção pode até ter sido boa, mas precisa acima de tudo da recuperação, pois levar água pra quem mora a 300 km e prejudicar quem mora a apenas 10 km, quase ribeirinho, não existe”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *