Com salários atrasados, servidores da Educação e Saúde de Guaratinga realizam passeata

Cerca de 250 servidores das áreas da Rducação e Saúde de Guaratinga, no sul da Bahia, realizaram uma passeata nas ruas da cidade, na manhã desta segunda-feira (15). Segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), os professores estão sem receber o 13º Salário. Já os agentes da Saúde estão ainda não receberam o salário de dezembro.

Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias (Sindiacscer), o pagamento dos agentes deveria ter sido pago até o dia 10 de janeiro.

Manifestantes caminham por ruas de Guaratinga (Foto: Divulgação/APLB)

Os manifestantes caminharam pelas ruas de Guaratinga exibindo faixas e cartazes. O grupo foi também para a porta da sede da prefeitura. No local, a chefe de gabinete da administração municipal recebeu alguns representantes dos servidores para uma ruenião. Até por volta das 11h, o encontro ainda não havia terminado.

Em nota, a prefeitura de Guaratinga reconheceu o atraso nos vencimentos dos professores, e disse que o município vem enfrentando grandes dificuldades financeiras em decorrência das constantes quedas na arrecadação ocasionadas pelas reduções de repasses federais. A prefeitura ainda disse que vai quitar a dívida, mas não deu um prazo para o depósito dos valores atrasados.

Em nota, prefeitura disse que vai quitar as dívidas (Foto: Divulgação/APLB)Em nota, prefeitura disse que vai quitar as dívidas (Foto: Divulgação/APLB)

Em nota, prefeitura disse que vai quitar as dívidas (Foto: Divulgação/APLB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *