Chegada do verão favorece o aparecimento de pragas urbanas

As pragas urbanas estão por toda a parte durante o ano todo, mas, em períodos chuvosos, como no verão, baratas e ratos tendem a sair de seus esconderijos (bueiros, caçambas de lixos e esgotos) para buscar lugares mais secos e protegidos, e as  residências são um bom atrativo, além de seguros também oferecem alimentos em abundancia. É por isso que temos a sensação de que elas aparecem mais no verão, porque acabam ficando mais visíveis. Além disso, o acumulo de poças d’água favorecem a procriação de mosquitos como o  Aedes aegypti.

Outro motivo que as levam as baratas a deixar o subterrâneo é que o seu metabolismo acelera quando as temperaturas estão mais quentes, sendo assim, preferem ambientes onde a temperatura é mais elevada como fogões ou fornos industriais de restaurantes.

 O crescimento do número de insetos e pequenos animais nas cidades é fruto do processo de crescimento desordenado e das desigualdades econômicas e estruturais preponderantes no espaço urbano. Assim, em razão da falta de investimentos e planejamento, muitas regiões sofrem com a falta de estrutura, o que proporciona a proliferação de pragas e as doenças por elas causadas. Para combater as pragas, não basta simplesmente uma boa dedetização, mas sim de uma correta política de democratização dos espaços na cidade.

De acordo Maria Fernanda Zarzuela, bióloga especialista em controle de pragas urbanas da Bayer, cuidados como manter as casas limpas, evitar restos de alimentos caídos pelos ambientes, lixos sempre fechados e ralos com sistema abre e fecha são importantes para evitar o aparecimento. A Bióloga ainda ressalta que por circularem em locais sujos e contaminados, essas pragas carregando diversos tipos de vírus e bactérias que trazem riscos a saúde humana. As formigas, ao contrário do que se imagina, também são perigosas, pois podem caminhar em locais contaminados como banheiros, lixeiras, etc. e levam a contaminação para áreas limpas, passando despercebidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *