CBPM concluiu mais duas licitações com sucesso na última semana

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) concluiu mais duas licitações de áreas nos dias 22 e 23 de dezembro últimos. A empresa Guidoni produzirá areia silicosa em Belmonte, sul da Bahia, e a Santo Antônio Beneficiamento de Minerais explorará barita em Contendas do Sincorá, na região centro-sul do estado, próximo a Brumado.

Os acordos se somam a outra concorrência de areia silicosa em Belmonte, que foi concluída com sucesso no dia 7 de dezembro. Na ocasião, a proposta vencedora veio da empresa capixaba Pedreiras do Brasil S/A.

A areia silicosa tem muitas aplicações, sendo usada desde produtos de alta tecnologia, como fibras óticas e placas solares, à construção civil. O material baiano será usado para a produção de quartzo artificial, um produto complementar às pedras naturais, utilizado em bancadas e superfícies.  Já a barita, dentre outros, é utilizada na lubrificação e resfriamento de perfurações de petróleo.

Em janeiro de 2021 a CBPM pretende abrir mais dois editais. Um para os metais níquel, cobre e cobalto em Campo Alegre de Lourdes, norte do estado na fronteira com o Piauí, e outro para ouro em Umburanas, próximo a Jacobina.


Assessoria de comunicação – Ascom
Companhia Baiana de Pesquisa Mineral – CBPM
E-mail: ascom@cbpm.ba.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.