Brasil registrou quase 17 mil casos de trombose até julho; médicos alertam sobre prevenção

A trombose, caracterizada pela coagulação do sangue, pode levar a várias complicações de saúde e até à morte. No Brasil, em 2016, foram mais de 35 mil tratamentos clínicos no SUS- Sistema Único de Saúde, em decorrência da doença. Entre janeiro e julho deste ano, foram quase 17 mil, segundo o Ministério da Saúde.

Muita gente não sabe, mas a trombose é mais comum do que parece e pode atingir várias partes do corpo, não apenas os braços e pernas. Se o coágulo não for combatido pode levar a falência de um órgão.

O hematologista e membro do Comitê de Falências Medulares da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, Philip Scheinberg, explica.

A jornalista Jordanna Lacerda tem trombofilia, tendência de coagulação maior do sangue. Ela tomou anticoncepcional por 10 anos, medicamento que pode aumentar a coagulação do sangue. Por esses motivos, ela teve duas tromboses e demorou para descobrir. A última foi no baço e ela teve que retirar o órgão. A jovem conta sua experiência.

Sedentarismo, obesidade e tabagismo também são fatores de risco para a trombose.

Praticar exercícios físicos regularmente, evitar fumar e consumir álcool em exagero, e manter uma dieta equilibrada são as principais maneiras de prevenir a trombose.

 

agencia brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *