BARREIRAS =Representantes do Sindicato aprovaram a pauta de aguardar o posicionamento do governo municipal até maio

Insatisfeitos com a notificação de cancelamento da reunião pré-agendada para ontem, 20, acordada na última assembléia integrada, os servidores de todas as categorias estiveram na Casa da Cultura para dialogar com o prefeito Zito Barbosa, que estava reunindo com os gestores da educação.
Mesmo sendo interrompido em seu encontro com os diretores, o prefeito Zito atendeu a solicitação de diálogo com os servidores e os presidentes do Sindsemb, Sinprofe e Sindi-Acs, que foi transmitida ao vivo pelo aplicativo Facebook. Mesmo em clima de descontentamento, os servidores solicitaram atenção do gestor na condução das negociações do reajuste salarial e data base.
O prefeito Zito ouviu as reivindicações, e solicitou o prazo de 20 dias para apresentar uma proposta de reajuste que será com efeito retroativo a data base. A presidente do Sindsemb, Carmélia da Mata, fez seu pronunciamento focada na importância do diálogo, da valorização do funcionalismo e principalmente na união dos três sindicatos.
“Estamos em um momento de integração e união entre as categorias. Aqui não é uma luta dos professores, dos agentes, dos assistentes administrativos ou de sindicatos, mas sim, uma luta integrada de todo o funcionalismo público. Não estamos contra o governo municipal, apenas estamos buscando ações para a melhor proposta para as categorias”, disse Carmélia.
Ao final, todos os servidores e representantes do sindicato aprovaram a pauta de aguardar o posicionamento do governo municipal até o dia 10 de maio, onde será apresentada a proposta na mesa de negociação.
Ascom/Sindsemb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *