Barreiras: Pacientes reclamam de superlotação e demora no atendimento da UPA

Essencial para o suporte à rede de atenção às urgências e emergências, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Santa Luzia, ultimamente tem sido alvo de insatisfação por parte de seus usuários que reclamam da lentidão no atendimento. Longas filas de espera, superlotação e estresse são as principais queixas feitas por quem precisou do serviço.

Muitos pacientes relatam que a demora no atendimento chega a três horas, haja vista que as urgências e emergências são prioridade e por esse motivo casos menos complexos esperam mais tempo para o atendimento.

Segundo moradores, isso ocorre como reflexo da diminuição nos atendimentos do Centro de Saúde da Criança Emilly Raquel e do Hospital Eurico Dutra, ocasionando uma grande procura por atendimento na

unidade.

Fala Barreiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *