Barreiras: Hospital da Mulher orienta sobre atendimento às gestantes durante a pandemia da Covid-19

Desde o início da pandemia da Covid-19 em 2020, a Secretaria de Saúde de Barreiras segue novas orientações no atendimento oferecido às gestantes e puérperas no Hospital da Mulher, conforme recomendações do Ministério da Saúde. Na unidade hospitalar o atendimento é direcionado às gestantes de risco habitual, sem complicações durante a gravidez, já o atendimento de alto risco, inclusive com suspeita de Covid-19 com queixa clínica, é realizado no Hospital do Oeste (HO).

As recomendações se estendem também ao acompanhamento da família à gestante, de acordo com o secretário de saúde, neste período só está sendo permitido o acompanhante durante o trabalho de parto para menores de 16 anos ou pacientes com necessidades especiais. “O Hospital da Mulher segue as diretrizes estabelecidas na nota técnica n° 69 de 02 de julho 2020 do Governo Estadual, que determina a suspensão temporariamente de acompanhantes em todas as maternidades como forma de preservar a saúde das pacientes durante esse período de pandemia”, destacou Melchisedec Neves.

Localizado na Rua Antônio Coité Filho, Bairro Jardim Ouro Branco, o Hospital da Mulher já realizou até março deste ano 218 procedimentos. Conforme a coordenadora da Unidade, Patrícia Jeane Assis, diante do cenário da pandemia também foram necessários alguns ajustes para acolher as gestantes e manter a qualidade e a humanização no atendimento.  A gestante pode procurar a unidade a partir de 37 semanas sendo uma gestação tranquila e sem complicações, com queixas obstétricas, ruptura de membrana (bolsa das águas), em trabalho de parto (contração e dilatação), ou caso não entre em trabalho de parto e atinja a idade gestacional de 41 semanas, seguindo os Protocolos do Ministério da Saúde.

“Continuamos atendendo em regime de 24 horas, com uma equipe técnica composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, nutricionistas fisioterapeutas, psicólogos e farmacêuticos, o Hospital da Mulher oferta também aos bebês o atendimento com fonoaudiólogo, oftalmologista e pediatra. Nosso objetivo é promover a saúde bem como proteger as gestantes, os acompanhantes, puérperas e seus bebês a fim de resguardar tanto a população quanto os profissionais das possíveis complicações decorrentes da Covid-19”, pontuou Patrícia Jeane.

Documentação do recém-nascido –Através do projeto da Unidade Interligada de Registro Civil das Pessoas Naturais de Barreiras é realizado no Hospital da Mulher a Certidão de Nascimento e o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Também a emissão do Cartão do SUS, o teste do olhinho, da orelhinha e a aplicação das primeiras vacinas necessárias para os bebês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *