BARREIRAS: EM REUNIÃO COM SERVIDORES, ZITO DIZ QUE NÃO PODE DAR AUMENTO PARA NÃO INFRINGIR LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

Os servidores municipais de Barreiras não terão aumento, neste momento, por impossibilidade legal. Foi o que explicou o prefeito Zito Barbosa em reuniões distintas com o Sinprofe, Sindsemb e Sindacs. O prefeito com base em dados argumentou que, se conceder o aumento de 7,64% reivindicado pela categoria, ultrapassará o limite prudencial de 54% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal e, fatalmente, terá as contas rejeitadas já no primeiro ano de governo, correndo sério risco de ficar inelegível.
O gestor se comprometeu a trabalhar fortemente para ampliar as receitas do Município pois, somente assim, será possível dar o aumento pedido pelo servidores.Ele não estabeleceu data para um reinício de negociações mas deixou claro que se as receitas aumentarem o aumento poderá ser dado.
POSICIONAMENTO DOS SINDICATOS
O Mural do Oeste ainda não conversou com os sindicatos para conferir a posição deles a respeito do assunto. Informações preliminares levantadas pelo blog dão conta de que a posição inicial dos sindicatos foi de compreensão com o quadro apresentado pelo prefeito. Os líderes sindicais propuseram um acordo para que Zito Barbosa participe de uma assembleia geral com a categoria para ele mesmo passar as informações e tirar as duvidas dos servidores. A princípio a assembleia deve ser realizada na próxima terça-feira, 18, mas a data ainda precisa de confirmação.
fonte-mural do oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *