Auditoria aponta fraude em quase 350 mil cadastros do Bolsa Família

A Controladoria-geral da União (CGU) informou, nesta quinta-feira (4), que uma auditoria apontou fraude em quase 350 mil cadastros do programa Bolsa Família.

Conforme informações da CGU publicadas no G1, o governo pagou indevidamente R$ 1,4 bilhão a pessoas que não tinham direito ao benefício. A controladoria disse que irá localizar quem recebeu o dinheiro indevidamente.

O Bolsa Família foi criado em 2003 para atender famílias em condições de extrema pobreza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *