Porto Seguro: 21 pessoas são indiciadas após conclusão de inquérito da Operação Gênesis

O inquérito policial da Operação Gênesis foi concluído na sexta-feira (2) e, após análise dos depoimentos e do material apreendido, ficaram confirmadas as condutas criminosas cometidas por uma articulação de servidores de Porto Seguro, agentes políticos, empresários e laranjas . Vinte e uma pessoas foram indiciadas por falsidade ideológica, corrupção passiva, ativa, organização criminosa, crimes licitatórios e lavagem de dinheiro.  A Operação Gênesis foi deflagrada em agosto de 2017 pela Polícia Federal, Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União. O objetivo foi investigar uma organização especializada em fraudes a licitações e desvio de recursos públicos destinados à contratação de serviços de transporte escolar no município de Porto Seguro. Além dos indiciamentos, foram decretadas diversas medidas cautelares, tais como a indisponibilidade de bens e valores dos envolvidos. O inquérito será encaminhado ao MPF sediado em Eunápolis para oferecer denúncia aos suspeitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *