MONITORES ENCONTRAM DROGAS EM CELAS DO CONJUNTO PENAL EM BARREIRAS

A primeira porção encontrada foi de maconha, no confere da galeria “B” na cela 02. O presidiário Marcos de Jesus Pereira assumiu ser proprietário da droga. Depois, um dos monitores encontrou cocaína no confere da cela “12”. A substância pertencia ao prisioneiro Jefferson da Luz Bitencourt.

Os detentos e as drogas foram encaminhados ao complexo policial do bairro Aratu e recebidas pelo delegado plantonista Rui Pinheiro, um dia após a operação, o qual não lavrou o flagrante dos acusados por causa do espaço de tempo entre o fato e a apresentação dos custodiados na delegacia.

A promessa da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP) era de entregar o Conjunto Penal todo equipado, inclusive com scanner corporal para realizar minuciosamente a revista de presos e visitantes da unidade prisional, mas até agora a empresa Socializa Brasil ainda não recebeu este importante equipamento.
A Socializa administra o Conjunto Penal em sistema de cogestão com o Governo do Estado, com apoio da SEAP.
Via: Alô Alô Salomão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *