Mandados de busca e apreensão de acusados no homicídio nas imediações do Parque de Exposição são cumpridos pelas Polícias Civil Militar na cidade de Barreiras-BA.

Nesta quinta-feira (05), por volta das 6h, as equipes supramencionadas da Polícia Civil e da Polícia Militar, de forma integrada, lograram êxito no cumprimento dos mandados de prisão de Victor Cássio dos Santos Brito, Vanderson Gonzaga De Oliveira e de Adenirton Machado De Carvalho, bem como na identificação e intimação do autor Jackson Gonzaga De Oliveira.
No dia 25 de junho de 2018, por volta das 03h, na Rua das Turbinas, no Bairro Barreirinhas, na cidade de Barreiras-BA, a vítima Atillas Henrique Batista De Souza, 18 anos, foi cercado e executado com golpes de faca, pelos autores: Victor Cássio dos Santos Brito; Vanderson Gonzaga de Oliveira; Adenirton Machado de Carvalho e Jackson Gonzaga de Oliveira, conforme imagens das Câmeras localizadas na rua do fato, bem como depoimentos de testemunhas e reconhecimento de Policiais.
Amigos da vítima (testemunhas presenciais) informaram que houve um desentendimento entre Atillas e os suspeitos, que estavam em uma festa junina no Parque de Exposição, “Arraiá do Parque”.
Na saída da festa, onde Atillas seguia a pé, o grupo o alcançou e desferiu vários golpes de faca que ceifaram sua vida.
A motivação foi devido ao fato da vítima ter solicitado à Polícia Militar que conversasse com o grupo de rapazes que estavam procurando confusão durante o evento junino, momento em que um dos componentes do grupo chegou até a esbarrar nele propositalmente.
Pelo fato de terem sido abordados pela PM, o grupo premeditou uma retaliação contra a vítima no caminho de casa, já fora da área da festa, onde foi consumado o homicídio, consoante flagra do circuito de câmeras.
O meio empregado para o crime foi arma branca – tipo faca.
As providências tomadas pela polícia civil foi o interrogatório dos indiciados, expedição das guias e ofícios de comunicação pertinentes.
Os presos possuem diversas passagens pela Delegacia de Polícia de Barreiras, em variados crimes (tráfico de drogas, estelionato, receptação, roubo e porte ilegal de arma de fogo).
Fonte/Blog Bahia/Informações da Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *