Mais de 100 fornos usados em produção ilegal de carvão vegetal são destruídos durante operação contra o desmatamento na BA

Uma operação de combate ao tráfico ilegal de madeira nativa e desmatamento na região sudoeste da Bahia foi realizada pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) em parceria com a Companhia de Polícia do Sudoeste (CIPPA) – Porto Seguro.

Intitulada “Terra de Fogo”, a operação ocorreu nos municípios de Guanambi, Palmas de Monte Alto e Sebastião Laranjeiras. Foram realizadas duas blitz, na BR-030 e BR-122, quando houve apreensão de uma motosserra, 136 unidades de lenha, 40 MDC (medida de volume) de carvão, 12 toras de aroeira e 40 toras de angico.

Inema faz operação de combate ao desmatamento — Foto: Inema/Divulgação

Inema faz operação de combate ao desmatamento — Foto: Inema/Divulgação

Além do material lenhoso recolhido, também foram encontrados e destruídos cerca de 103 fornos que eram utilizados para a produção ilegal de carvão vegetal, com maior volume no município de Palmas de Monte Alto.

A operação, que foi realizada no final do mês de setembro, ainda resultou em sete autos de infração emitidos em campo para os condutores de caminhões que transportavam madeira nativa do bioma Caatinga, proveniente de desmatamento ilegal na região.

Inema faz operação de combate ao desmatamento — Foto: Inema/Divulgação

É constituído crime ambiental desmatar, provocar incêndio em mata ou floresta, extrair, cortar ou utilizar para fins comerciais a madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal sem autorização devida, defendida pela lei federal 9.605/98.

O cidadão que deseja registrar denúncias de crimes ambientais deve entrar em contato com o disque denúncia do Inema através do número 0800 071 1400, ou encaminhar um e-mail para denuncia@inema.ba.gov.br.

G1 BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *