Luiz Argôlo pede redução de pena após trabalhar como faxineiro

O ex-deputado federal Luiz Argôlo pediu redução da pena que cumpre na Penitenciária Lemos de Brito, no Complexo da Mata Escura, em Salvador. Ele alegou bom comportamento e também o trabalho como faxineiro na prisão.

A informação é da coluna Satélite, do Correio. De acordo com a defesa do ex-parlamentar, ele trabalhou de 3 de abril a 28 de novembro, durante 239 dias, sem cometer falta disciplinar.

Ele então pede o abatimento de 80 dias dos 12 anos e oito meses. O ex-parlamentar foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *