Falso tabelião é preso em Buritirama

Um homem que estava se passando por tabelião, em Buritirama, foi preso, na manhã desta quinta-feira (19), pelos delegados Filipe Madureira e Marcus Pina, designados pela 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Irecê, para averiguarem a existência de um cartório irregular na cidade. A denúncia foi feita pela Comarca de Barra.

Dois delegados da Polícia Civil foram designados para averiguar denúncia feita pela Comarca de Barra

Dois delegados da Polícia Civil foram designados para averiguar denúncia feita pela Comarca de Barra
Localizado o suposto cartório, no Centro da cidade, na Avenida Buriti, os policiais foram recebidos por Arquias Dias do Nascimento, que se identificou como o tabelião do estabelecimento, sem, no entanto, apresentar, naquele momento, qualquer documento que autorizasse ele a exercer a função que dizia ter.
Os delegados, que atuam na Delegacia Territorial (DT), de Barra, encontraram no local diversos anúncios de fornecimento de serviços de cartorário, além de cartões de apresentação, panfletos e carimbos. Todo o material foi apreendido e levado para a DT/Buritirama.

Dois delegados da Polícia Civil foram designados para averiguar denúncia feita pela Comarca de Barra

Dois delegados da Polícia Civil foram designados para averiguar denúncia feita pela Comarca de Barra
Conduzido também à unidade policial, Arquias Nascimento assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pelo crime de usurpação de função pública, aguardando em liberdade as investigações.
O delegado Filipe Madureira, titular da DT/Barra, instaurou também inquérito regular para apurar se Arquias obteve algum tipo de vantagem com o serviço que estava fornecendo ou se cometeu outros crimes, como falsificação de documento público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *