Estrábica atira em rival, mas mata cliente por engano, diz delegado

Uma mulher que tem estrabismo e baixa visão acabou assassinando a vítima errada. Leonice Moreira de Sousa, de 23 anos, teria mirado em uma mulher que ela tinha ciúmes e acabou atingindo José Paixão dos Santos, de 59 anos. O homicídio ocorreu em Goiás. Leonice e seu irmão Maico Douglas, de 26 anos, estavam em um bar quado a jovem discutiu com outra mulher por ciúmes de um ex-namorado. Leonice saiu do estabelecimento após ser agredida.

Estrábica atira em rival, mas mata cliente por engano, diz delegado

“Ela e o irmão foram buscar duas armas e voltaram atirando contra a mulher. Ela não foi ferida, mas pelo problema de visão da Leonice, ela acabou atingindo um homem que estava há uns 20 metros do verdadeiro alvo dela”, explicou o delegado Danillo Proto. Leonice, no entanto, afirmou que o autor dos disparos foi irmão. Os dois foram presos. Danillo confessou o crime e disse que a jovem não participou no assunto.

A polícia, no entanto, não acredita na versão. “Pela dinâmica, pelas testemunhas que estavam no local e pela posição que nos relataram que a vítima e a suspeita estava, tudo leva a crer que foi ela mesma quem atirou contra a vítima”, sustentou o delegado. Os dois irão responder por homicídio qualificado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *