COTEGIPE BA : TRÊS SUSPEITOS DE TRÁFICO MORREM E PLANTIO DE MACONHA É ERRADICADO EM OPERAÇÃO CONJUNTA DAS CIPES CERRADO E SEMIÁRIDO

A Polícia Militar informa que, após denúncias recebidas pela CAESA sobre plantação de entorpecentes no distrito de Lancerote, município de Cotegipe, com a devida autorização, foi desencadeada uma operação para mapear o campo de atuação dos traficantes, bem como os possíveis alvos, sendo que, nesta terça-feira (16/09/2019), por volta das 23h, equipes das CIPE’S CERRADO e SEMIÁRIDO se deslocaram para o local, ao receberem outra queixa, de que os autores estavam ameaçando trabalhadores rurais de áreas circunvizinhas.

Lá, os policiais encontraram José Ailton Gomes de Souza, 43, escondido no mato, juntamente com sua mulher e filhos, tentando empreender fuga, entretanto foi impedido pelo cerco das guarnições. Ele confirmou as denúncias, indicou a localização do plantio de maconha e o esconderijo dos demais membros da suposta quadrilha, que vieram possivelmente de Xique-xique e estariam armados, amedrontado os demais moradores da região.

As guarnições seguiram para o território indicado, onde, segundo informações policiais, três dos suspeitos foram mortos, tendo em vista que, efetuaram disparos de arma de fogo contra a patrulha, a qual, consequentemente revidou ao ataque.

Também ressaltam que, eles portavam uma pistola Calibre 380, com um cartucho intacto; revólver 38, com três cartuchos intactos e a mesma quantidade deflagrada, além de uma espingarda Cal .36, com 27 cartuchos. Na localidade, as equipes encontraram onze quilos e cento e vinte gramas de maconha pronta para consumo e uma plantação com 30 mil pés da mesma substância, que os mesmos erradicaram imediatamente.

Os indivíduos baleados foram encaminhados ao hospital de Wanderley, cidade mais próxima do confronto e recebidos pelos médicos plantonistas, todavia, não resistiram aos ferimentos. Todo material apreendido e um homem preso em flagrante, foram apresentados na delegacia da cidade de Cotegipe.

Fonte: Cipe/Cerrado/CIPM/Barreiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.