CONFLITO ARMADO TERMINA COM TRIPLO HOMICÍDIO EM ANGICAL

Uma briga familiar entre ciganos terminou com mortes no bairro Santana, na cidade de Angical no Oeste da Bahia. De acordo com informações policiais, o confronto aconteceu por volta das 18h 00 desta quarta-feira, 27, no momento em que participavam de uma farra regada à cerveja.

Do total de vítimas, três morreram na residência em que acontecia a festa e outras cinco lesionadas deram entrada no hospital do Oeste em Barreiras. Os mortos são os irmãos identificados por  Felipe Ferraz de Souza, 15 anos e Ramon Ferraz de Souza, de 19 anos; o outro é um primo deles de nome Mailson da Silva Ferraz, 26 anos, alcunha “Porquinho”.

Policiais militares da 84ª Companhia Independente, o delegado José Romero e uma equipe de agentes investigadores estiveram no local do fato. A causa da briga ainda é desconhecida. Um inquérito deve ser aberto e o caso será investigado pela Delegacia Territorial de Angical.

Em frente ao Hospital do Oeste, uma guarnição da Polícia Militar prendeu três ciganas, identificadas por Andressa da Silva Santos, Roberta de Oliveira Santos e Marcilene Dantas Pereira e apreendeu o filho menor de idade de uma delas, porque estavam armados com quatro pistolas e três revólveres municiados, enquanto aguardavam informações de seus familiares hospitalizados.  Elas escondiam as armas debaixo dos vestidos e o garoto sob um boné.

Todos foram conduzidos ao complexo policial do bairro Aratu, onde o delegado Francisco Carlos de Sá autuou as mulheres em flagrante, porém, as mesmas deverão ser liberadas mediante pagamento de fiança.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica realizaram “levantamento cadavérico” na residência do triplo homicídio e transladaram os corpos para o necrotério regional de Barreiras.

  

Atualização as 07h 53 de 28/09/2017

Alô Alô Salomão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *