Cejusc oferece mais segurança jurídica aos agricultores do Oeste

Importantes unidades, que também impactarão no setor agrícola da região, foram inauguradas em Barreiras, nesta quarta-feira (20), pelo governador da Bahia, Rui Costa. O presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Celestino Zanella, e o presidente da Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato, acompanharam as entregas.

Entre as instalações está o Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc), no Fórum Tarcílio Vieira de Melo. A unidade tem como objetivo realizar a conciliação em feitos que já tramitam nas varas de competência Cível, de Família, de Consumo e Agrária. Para a presidente do Tribunal de Justiça, Maria do Socorro, o Cejusc é voltado, principalmente, para resolver conflitos agrários.

“Essa região é agrária e precisa de soluções. Qual a melhor forma de resolver isso rapidamente? Promovendo uma grande conciliação para que todos se entendam e resolvam essa situação. A justiça está aqui para ajudar”, reforçou Socorro.

Para Zanella, o Centro vai poupar tempo e garantir mais segurança jurídica aos agricultores da região. “Antes precisávamos ir a Salvador para resolver as questões jurídicas da propriedade. Agora, além de termos mais comodidade, podemos acompanhar mais de perto os processos e cobrar que sejam resolvidos de forma mais ágil”, completou o presidente da Aiba.

Segurança

Central de monitoramento do Cicom.

Além do Cejusc, foram inaugurados o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep), que abrigará as Polícias Militar, Civil e Técnica, cada uma com um módulo independente de atendimento ao público; e um Centro Integrado de Telecomunicações (Cicom), que irá unificar as chamadas de emergência de 14 municípios da região, por meio do 190, e será responsável também pelo videomonitoramento das cidades da região.

Na ocasião, Rui destacou que o Cicom está ligado ao Centro de Operações e Inteligência, em Salvador. “Queremos fortalecer as parcerias para ampliar o número de câmeras em Barreiras e nas outras cidades atendidas pelo centro. Isso, com certeza, vai aumentar a segurança pública”, afirmou.

Segundo Busato, as unidades vão contribuir ainda mais para reforçar a segurança nas comunidades agrícolas da região. “É muito importante que a polícia se equipe e avance em tecnologia, dessa forma poderá agir com mais rapidez, como nos casos de roubos nas fazendas, contribuindo também com a Operação Safra”, lembrou o presidente da Abapa.

Júlio Busato, Rui Costa e Celestino Zanella em inauguração da Disep.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *