CBMBA lança programa pioneiro para prevenção e combate a incêndios florestais

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) lança o Sistema de Cadastramento de Brigadas (SCB), uma ação pioneira no País. O SCB tem como objetivo cadastrar os brigadistas voluntários que atuam nas diversas regiões do estado, agilizando o acionamento e aumentando a segurança dos envolvidos durante os combates aos incêndios florestais. Dessa forma o acionamento torna-se ainda mais célere e os combates mais rápidos e precisos, evitando que o incêndio se alastre.

Criado pelo Departamento de Modernização e Tecnologia do CBMBA, o Sistema já foi apresentado a brigadistas das cidades de Lençóis, Mucugê, Ibicoara, Barra da Estiva, Andaraí, Rio de Contas, Livramento de Nossa Senhora, Palmeiras (Capão) e Abaíra. Além da apresentação do SCB, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) mantém uma equipe de especialistas em combate a incêndios florestais em prontidão, para atuar de forma preventiva e no princípio dos focos registrados em todo o Estado. Os oito especialistas estão baseados no 2º subgrupamento de Bombeiros Militar (2º SGBM) do 11º Grupamento de Bombeiros Militar (11ºGBM/Lençóis).

O GBM escolhido para ser a sede dos bombeiros em prontidão, e consequentemente do sistema, está localizado numa região estratégica onde, historicamente, acontece os maiores incêndios florestais da Bahia. Durante o mês de dezembro foram contabilizados quatro incêndios na área de proteção ambiental (APA) Marimbus-Iraquara.

“Dessa forma conseguimos combater os incêndios ainda no início, evitando que se alastrem e causem desastres ambientais. Preservamos assim o bioma, a vida animal, além de protegermos os bens e as vidas dos moradores das regiões próximas. Os trabalhos preventivos também fazem parte da nossa rotina e são essenciais para que tais incidentes não aconteçam, conversamos com moradores e turistas sobre os cuidados elementares para evitar incêndios florestais”, concluiu o capitão BM Márcio Jansen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *