Semana do Cerrado: Secretaria de Meio Ambiente e parceiros realizam oficina de Educação Ambiental nas comunidades Vale do Rio de Janeiro e Rio de Pedras

A programação especial e homenagens à Semana do Cerrado, realizadas pela Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo e entidades parceiras, tem se estendido em várias comunidades rurais. Durante a semana, a Secretaria Municipal, em parceria Associação de Irrigantes da Bahia (AIBA), Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA), Instituto Brasileiro de Atuária (IBA), Parque Vida Cerrado e demais apoiadores, realizou mais uma oficina de educação ambiental.

Nesta edição, moradores, professores e estudantes das comunidade Rio de Pedras e Vau do Teiú, APA do Rio Branco, tiveram orientações sobre os trabalhos que estão sendo realizados para revitalização dos rios, reflorestamento, recuperação das nascentes e sua importância para o abastecimento dos rios, bem como, as consequências do uso indevido do fogo, dentre outros fatores.

Foram mais de 60 pessoas sensibilizadas, abrangendo as comunidades do Vale do Rio de Janeiro. No próximo sábado (14), encerrando as comemorações dedicadas à Semana do Cerrado, será realizado o mutirão de limpeza nas margens e leito do Rio Grande, nas imediações do Cais e Porto até a ponte Ciro Pedrosa. Todo o lixo recolhido no perímetro ficará exposto na Praça Landulfo Alves como forma de impactar a sociedade e chamar a atenção para o zelo e preservação do Rio Grande, que tem grande importância ambiental e histórica para a cidade. 

“Durante toda essa semana mostramos a diversidade e a riqueza encontradas no nosso Cerrado, mostramos nesses dois encontros a importância da preservação ambiental. Essas ações continuam ao longo de todo ano, através de oficinas que abordam a temática de forma lúdica. Encerraremos a Semana do Cerrado com a limpeza do Rio Grande, do qual está em fase conclusiva o desassoreamento em pontos próximos ao Parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha”, pontuou Demósthenes Júnior, secretário de meio ambiente e turismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *