Operação contra quadrilha de tráfico de drogas prende 21 pessoas em oito cidades da Bahia

Uma operação para desarticular uma quadrilha de tráfico de drogas que atua nas cidades de Senhor do Bonfim, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Jaguarari, Filadélfia e Itiúba, no norte da Bahia, Itaparica, na região metropolitana de Salvador, e Conceição do Coité, no nordeste do estado, prendeu 21 pessoas nesta quarta-feira (29).

Segundo informações da Polícia Civil, desde as primeiras horas da manhã, policiais foram às ruas para cumprirem 25 mandados de prisão temporária e outros 25 de busca e apreensão. O principal alvo da operação foi Elcevander Pereira Silva, o “Salvano” ou “Galego”, apontado como líder da quadrilha. Ele foi detido e deve ser encaminhado ainda nesta quarta para o sistema prisional.

De acordo com o delegado Felipe Nery Neto, coordenador da Coorpin/Senhor do Bonfim, até deflagrar a operação, foram dois anos de investigações em torno da quadrilha e Elcevander. Além do tráfico drogas, o bando está envolvido na compra e venda de armas, assaltos a banco, sequestro e homicídios. “Elcevander planta e vende a própria maconha”, disse o delegado.

Além de Elcevander, foram presos Diego Pinheiro Santos, o “Marquinhos”; Joseane Araújo dos Santos, a “Jô”; Fabrício Ferreira de Souza; Jhone, o “Dione”; Alcilon Ribeiro Passos, o “Berilo”; Jean Vagner Pereira de Souza, o “Bode”; Adalberto Araújo de Souza Filho, o “Betinho”; Vandenberg Santos Castro, o “Bergue”; Maria Fabiana Pereira da Costa; Emerson, o “Guma”; Adalberto Henrique da Silva, o “Beto Cigano”; Wadison da Silva Andrade; Iara; Yure de Jesus Santos; Tales Alves da Silva; Ozemar da Silva Santos; Gilmar Freire, o “Madruga”; Rúbia de Jesus Oliveira; Deoclécio Sebastião da Silva Filho, o “Fio”; e Maria Adelilia.

Segundo o delegado, quatro alvos dos mandados de prisão não foram encontrados: Sueli Vieira de Souza; André Luiz dos Santos Cerqueira, o “Andrezão”; Evanildo da Silva Santos, o “Buru”; e Antônio Marcos Ceila Oliveira, o “Toinho”. Todos são considerados foragidos.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *